Melhore O Desempenho Do Seu HD E SSD

22 May 2018 17:27
Tags

Back to list of posts

Neste tutorial vamos declarar como supervisionar a saúde do teu HD/SSD utilizando o Ashampoo HDD Control 2017 que você pode ganhar uma licença grátis clicando nesse lugar. Ao abrir o programa sua interface amigável imediatamente lhe mostra todos os discos conectados ao teu computador mesmo aqueles que estão desativados do sistema. Pela imagem abaixo em destaque de vermelho vemos os discos que estão nessa máquina.Em destaque de verde temos o assistente de SSD que exibi configurações avançadas desses dispositivos. Mais abaixo temos recursos pra testes no disco e benchmark. Logo abaixo da marcação em vermelho são exibidas informações de temperaturas dos discos selecionados e o status do disco, no momento em que estiver marcado VERDE "OK" significa que não há problemas nesta unidade. Ao selecionar um disco SSD e clicando no Assistente SSD, uma tela será mostrada, indicando os serviços e tecnologias que estão ativas desse mecanismo, como por exemplo, o TRIM tecnologia importante para que o SSD dá certo corretamente. Eu não poderia esquecer-me de apontar um outro site onde você possa ler mais sobre isso, quem sabe imediatamente conheça ele no entanto de qualquer forma segue o hiperlink, eu gosto suficiente do assunto deles e tem tudo haver com o que estou escrevendo nessa postagem, veja mais em hd servidor hp. Caso não empreenda a respeito do TRIM clique aqui. Na guia de manutenção é possível desfragmentar discos, mais no momento em que você acessa essa guia ele neste instante mostra uma janela com alerta citando que desfragmentação não tem que ser feita em SSD. Quanto aos discos normais tudo bem, você podes fazer a desfragmentação inteligente pra organizar melhor o espaço de seu disco, e teu arquivos. Na guia Driver Cleaner é possível examinar e reduzir de modo automática lixo e arquivos temporários que vão se acumulando no disco. Em Revisão é possível fazer um mapeamento do disco e eliminar arquivos duplicados, isto tem que ser feito para melhorar o funcionamento do disco. Em conclusão em segurança você suprimir definitivamente arquivos do Micro computador impossibilitando desta maneira de serem recuperados, e bem como investigar arquivos excluídos pouco tempo atrás do Pc, além de novas funções. Agora você não desculpa para aprimorar o desempenho do teu disco seja HD normal ou SSD.Arquitetura de redesquatro postagens - desde 17/10/2012Eduardo Kondo falouAdaptador de tomadaPositivo Premium 3D, com 4 GB de RAM, processador Core i7 e disco rígido de 5.400 rpm5 de Maio de 2018 às 11:16Sem Mensalidades! Servidor DDNS respectivo Vetti EasyCamis?qWZCiwrXR5ogK7tCCgqBQZ6YNi4myq2p8HvVdeB7IfU&height=214 A ideia inicial é a de que fosse adotado o termo "Blue-ray", "raio azul" em inglês. Esse nome foi dado porque o feixe laser dos dispositivos responsáveis pela leitura dos discos é azul-violeta, ao inverso do CD e do DVD, onde o feixe é vermelho. Contudo isso tem um bom fundamento e mais à frente você saberá qual. A letra 'e' foi retirada da denominação porque a expressão "blue ray" é bastante utilizada, o que certamente impediria seu registro como uma marca. O nome completo para a mídia é Blu-ray Disc. Assim como este acontece com CDs e DVDs, há discos Blu-ray que são capazes de ser gravados e regravados.A versão que sai de fábrica de imediato gravada e não permite regravação é denominada BD-ROM. A versão que podes apenas ser gravada uma vez pelo usuário é o BD-R. Por sua vez, a versão que poderá ser gravada e regravada é chamada de BD-RE. No que se alega à velocidade de transferência de detalhes na gravação de um disco Blu-ray, tudo dependerá, basicamente, do aparelho.Em sua pequeno velocidade, de 1X, é possível adquirir uma taxa de transferência de trinta e seis Mb/s (megabits por segundo), ou melhor, em torno de 4,5 megabytes por segundo. A história do Blu-ray começou no final da década de 1990, no momento em que o cenário "videos em alta descrição" começou a tomar maneira. Por conta disso, um tempo depois, a Sony começou a trabalhar em duas tecnologias de mídia óptica de alta densidade: UDO (Ultra Density Optical) e DVR Blue. Esse último era um modelo regravável e teu desenvolvimento se deu próximo à Pionner. Bem que a Sony tenha lançado o primeiro gravador de Blu-ray em 2003, as descrições técnicas da tecnologia foram concluídas apenas em 2004 e, em seguida, alguns dados foram revistos.Por este mesmo ano, o consórcio responsável por modelo mudou seu nome pra Blu-ray Disc Association. Até hoje a entidade recebe a participação de algumas corporações. Os discos Blu-ray têm quase as mesmas dimensões de um disco de CD ou de DVD, mas armazena muito mais infos. Observado este semblante, como isso é possível? O segredo está propriamente no tal do "raio azul". Nos dispositivos de DVD, o feixe de laser pra leitura e gravação, na cor vermelha, tem um comprimento de onda de 650 nanômetros. Nos leitores de CD, essa quantidade é de 780 nanômetros.No laser azul-violeta, do Blu-ray, o comprimento de onda é de 405 nanômetros. Devido a isso, o feixe podes focalizar os pontos de detalhes do disco com maior exatidão, permitindo que eles sejam menores. Como são pequenos, cabem mais pontos na mídia. Esses pontos (ou cavidades) tem largura de 0,quinze mícron no Blu-ray, enquanto que no DVD este tamanho é de 0,quatro mícron.O ganho de performance geralmente é anão e este é um upgrade pros fanáticos. De cada forma, é possível comprar alguns frames por segundo a mais em jogos ou novas tarefas mais complexas. Discos de estado sólido (SSD) superam os discos rígidos de algumas formas. Através de serem mais leves, e por não ter partes móveis (salvam os dados em memória flash) são mais rápidos e mais confiáveis.Como não tem motores, consomem menos energia, o que aumenta a autonomia da bateria. Apesar de serem de valores elevados e terem menos espaço que HDs pela mesma ordem, esses drives são melhores do que os discos rigorosos em quase todos os estilos. Muitos laptops vêm de fábrica com um disco rigoroso nanico. Um HD de 60GB é um insulto, e mesmo um de 120G pode ficar abarrotado se alguém guardar um monte de músicas e filmes.Ultrapasse estas barreiras e troque o disco por um modelo com competência de armazenamento superior; um HD SATA de 500GB (interno ou externo) não é muito caro, e vai dar muito mais espaço pra seus arquivos e o sistema operacional. É possível ainda dividir o HD em partições pra facilitar a organização dos arquivos ou mesmo instalar um S.O. Consulte o manual de teu pc ou entre em contato com o fabricante pra saber mais sobre o modo de upgrade.Na maioria dos casos basta abrir uma tampa na parte inferior do notebook ou remover o teclado para trocar o HD pelo novo. Para transferir os dados do disco velho para o novo HD, uma possibilidade é utilizar um cabo de transferência SATA/USB. Uma nova CPU ou GPU (processador gráfico) poderá deixar um laptop velho mais rápido. Como resultado nesse upgrade o laptop podes ser mais rápido do que um Pc novo - no entanto atente que este modo tem ressalvas tão grandes quanto os ganhos de desempenho.

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License